BM #28 – O Som De Seattle

Quando o rock estava moribundo veio uma onda nascida na cidade de Seattle que tomou o planeta com suas letras angustiantes e seu visual despojado.

No programa de hoje vamos falar um pouco do movimento grunge, mais focado entre os anos de 1990-94 e também desmascarar uma fraude chamada Dia Mundial Do Rock.

No programa de hoje você vai ouvir em algum momento…

– Temple Of The Dog – Reach Down

– The Melvins – Hooch

– Mudhoney – Good Enough

– Mother Love Bone – Stardog Champion

– Temple Of The Dog – Hunger Strike

– Soundgarden – Outshined

– Alice In Chains – Man In The Box

– Screaming Trees – Nearly Lost You

– Nirvana – Smells Like Teen Spirit

– Pearl Jam – Even Flow

Para baixar o programa, clique aqui

Acompanhe o Baú Musical no Facebook clicando aqui. Se quiser seguir nossas playlists no Spotify, basta clicar aqui.

Assine e avalie nossos podcast no iTunes:
– Se você usa o iTunes no seu computador, tablet ou smartphone, assine e avalie nossos podcasts clicando aqui!
– Não sabe como assinar o podcast? Clique aqui e veja como é fácil. E grátis!

Deixe seu comentário nos posts ou mande um e-mail para contato@baumusical.com.br se você…
– Quiser indicar seu artista preferido ou mandar temas que possam virar programas.
– Quiser colaborar com a pauta de um programa.
– Quiser melhorar o programa cada vez mais com dicas e sugestões pois, claro, esse podcast também é seu e você é um cara gente boa.
– Simplesmente quiser bater papo e passar o tempo porque não tinha coisa melhor a fazer.

2 pensamentos em “BM #28 – O Som De Seattle”

  1. Bah Mauro, esse programa tava foda. Coisa boa ouvir sobre aquela época. Pra mim, realmente parece que foi ontem, me remontou meus 14-15 anos, apesar de ser o que eu ouço até hoje (rsrsrsrsr).
    Parabéns por mais um programa. Esse ficou especialmente do caralho!

    1. Que show que você gostou, Jorge… eu tinha mais ou menos a sua idade quando o grunge estourou, então, entendo bem o que você diz.

      Obrigado pelo feedback…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *